MINOLTA DIGITAL CAMERA


Deixe um comentário

Rede social não é diário

Olá, meninas. Como estão?

Hoje quero fazer uma pequena pausa nos posts 100% relacionados a casamento, para poder conversar com vocês sobre algo que me preocupa bastante.

Não é de hoje que as pessoas utilizam de forma um pouco, para não falar muito, equivocada as redes sociais. E algo que tem gerado alguns problemas é a questão de muitas noivas estarem publicando detalhes e informações pessoais em grupos lotados de pessoas desconhecidas.

Os chamados SMS sem fronteiras são vistos pelas meninas apaixonadas como uma forma de surpreender o amado. Mas vamos lá, gente… quem garante que apenas pessoas fofas e com um coração bom vão fazer uso dessa informação que foi passada. O que impede que o seu número de telefone e o nome do seu noivo seja utilizado por uma pessoa mal intencionada… podendo trazer graves consequências futuras? Cuidado!

Outro detalhe que precisamos ficar atentas é à publicação de fotos. Vamos lá… me digam por qual cargas d’ água você publica para pessoas completamente desconhecidas uma foto sua usando o seu grande vestido de noiva?????? Isso não faz sentido! Meninas, o vestido de noivas é um dos grandes detalhes que marcam um casamento. Sério que vocês querem arriscar ter suas fotos compartilhadas por aí?

Já ouvi o relato de uma noiva que publicou a sua foto usando seu vestido de noiva. Ela apenas publicou a imagem em um grupo para saber a opinião de outras noivas. Mas não é que depois de algum tempo uma conhecida dela veio avisá-la que a tal foto estava sendo usada por uma loja? Oi?! Isso é muito, muito, muuuito sério!

É bacana utilizar grupos em redes sociais para pegar ideias, postar sugestões e pedir conselhos? Sim! É muito bacana e eu mesma faço isso. Só que vamos nos lembrar de ter consciência de que nunca sabemos a índole de quem está do outro lado da rede. Não sabemos a intenção real dos outros membros de tal grupo.

Então, minhas queridas, eu apenas gostaria de alertá-las sobre como usar de forma saudável as redes sociais. É melhor prevenir agora do que ver seu grande dia correndo risco de ser um terror. Além do fato de que não é apenas o casamento que pode sofrer, mas nossas famílias também.

MINOLTA DIGITAL CAMERA

Internet não é um lugar cheio de amigas de infância, que querem sempre o seu melhor. Abram os olhos e preservem sua intimidade.

Um grande abraço para todas.

Bárbara Lara

 

file0001508919007


Deixe um comentário

Vamos relembrar o namoro?

Olá, queridas noivinhas. Como estão os preparativos para o grande dia?

Será que problemas estão surgindo e as brigas têm aumentado?

Bom, brigar nunca é algo agradável… e fazer disso rotina é muito prejudicial para o relacionamento. Em primeiro lugar precisamos pensar: se estou preparando meu casamento é porque quero estar com esta pessoa para o resto da minha vida. Isso é fundamental. Se este pensamento não estiver rodeando sua mente… acho que é hora de parar para pensar se você está entrando pela porta certa. E se no futuro isso não gerará mágoas e muito arrependimento. Vou falar mais sobre isso em outro post.

Agora, se você realmente sentir que está no caminho certo, então é hora de respirar bem fundo e analisar como tem sido a sua dedicação ao relacionamento sem incluir os assuntos para o casório.

Vocês têm passado tempo aproveitando a companhia um do outro? Namorar é fundamental para a construção de um relacionamento saudável. E eu não digo isso no sentido sexual, mas no sentido de realmente fazer atividades que façam com que vocês possam estar em sintonia. Uma caminhada seguida por um sorvete pode fazer com que vocês esqueçam todo o nervosismo por causa do casamento e voltem à essência do começo do namoro.

Tirar um dia para pensar apenas em como foi o relacionamento de vocês até aqui… e fazer uma reflexão sobre todos os bons momentos fará com que todo o friozinho na barriga que vocês sentiam quando ainda paqueravam volte a acontecer.

file0001508919007

foto por matthew_hull

Para incentivar vocês a fugir um pouco do stress causado pela correria dos preparativos, vou deixar uma listinha de coisas que vocês podem responder junto com o amado. Minha dica é vocês dois combinarem de ir até algum lugar calmo, para poderem aproveitar melhor o momento nostalgia.

Copiem em um papel os seguintes tópicos:

– Durante o período de namoro, como você se preparava para ir namorar?

– Qual presente você mais gostou de receber?

– Qual música faz você lembrar da outra pessoa?

– Qual passeio você gostou muito de ter feito durante o namoro?

– Fale um restaurante em que vocês foram no passado e que você gostaria de ir novamente.

– Qual momento engraçado faz você rir até hoje se parar para pensar?

– Qual virtude da outra pessoa você ama?

– Qual atitude da outra pessoa faz você querer se casar com ela?

– O que faz você querer acordar ao lado da outra pessoa todos os dias?

– Fale três momentos especiais que aconteceram durante o namoro.

Meninas, eu indico vocês a fazerem duas cópias, uma para vocês e outra para eles. Cada um preencherá e depois vocês trocam. Não precisam ler em voz alta no começo. Apenas reflitam e tentem trazer à memória a fase de namoro de vocês. Onde tudo era mais simples e menos corrido.

Vale sempre lembrar que estamos planejando um casamento para constituirmos uma família. E uma família precisa de pessoas dispostas a fazer um ao outro feliz.

Espero ter ajudado vocês a fugir um pouco dessa vida louca de noiva =)

Um abraço para todas!

Bárbara Lara


Deixe um comentário

Padrinhos pra quê? Parte 2

Olá, meninas. Como vão?

Há algum tempo fiz um post falando sobre a função que um padrinho e uma madrinha devem desempenhar em um relacionamento.

Pois bem… acompanho muitas noivas em diversos grupos pelo Facebook, e tenho me surpreendido com o número de casos em que os dito cujos que deveriam estar presentes ajudando ao casal, na verdade… só dão dor de cabeça.

02

 

Bom, vamos começar pelo ponto mais importante de todos.

1) Por qual razão você deveria convidar tal pessoa para ser sua madrinha ou padrinho?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Noivado-133


Deixe um comentário

Gabriela e Elvis

Olá, meninas!

É com muito carinho que hoje eu trago para vocês a história de um noivado mais do que especial. Hoje quem protagoniza o romance é a Gabriela e seu noivo Elvis.

O mais lindo de toda essa história está no fato de tanto a noiva quanto o noivo colocarem a mão na massa e deixarem tudo com um gostinho de carinho! O noivado todo foi feito por eles. Todos os detalhes, o bolo… =)

Espero que você possam tirar muitas inspirações dessa história! Agora fiquem com o depoimento da noivinha

___

Eu e meu noivo resolvemos noivar (isso foi em dezembro… e marcamos a data para 12 de julho). Então, comecei a pesquisar na net.  Tudo foi eu e ele que fizemos! Assim que escolhemos a cor do tema… mãos a obra!

Começamos os preparativos uns 4 meses antes da data programada para o noivado. Todo mês comprávamos alguma coisa para decoração e para os doces.

A decoração começamos pelas garrafas (fizemos 30 de barbante rosa e azul), cortamos os corações de cartolina (sendo 10 cartolinas rosas e 10 azuis), comprei  feltro e fiz os coração rosa e azul, as letras de papel paraná. Meu cunhado fez as bandejas de andar. Minha sogra e cunhada fizeram as plaquinhas.

Eu também fiz o fundo para tirar fotos com papel crepom colorido e umas argolinhas de cartolina. Ficou muito legal! Os doces ganhei de uma amiga e da minha irmã, o bolo eu e minha irmã fizemos… e meu noivo fez um pouco do e os mousse!

Nosso noivado foi todo feito por nós!!!! Isso que me dá mais orgulho e mais certeza de que quero casar com ele e ter uma família. Foi tudo tão perfeito…tudo planejado e sonhado, e com lutas… mas conseguimos com a ajuda do nosso Poderoso Deus!!

 

20140506_215432

20140721_154216

 

 

20140712_174926

Noivado

Noivado-2

Noivado-3

Noivado-4

Noivado-5

Noivado-8

Noivado-116

Noivado-133

topo do bolo Iara


Deixe um comentário

Iara e Renato

Bom, dia noivinhas! Como estão os preparativos para o grande dia?

No post de hoje eu trago um relato super emocionante, de uma amiga que se casou há dois anos. Foi uma cerimônia marcante, seguida por uma recepção linda e super romântica.

Vou deixar a noiva falar, pois ninguém melhor do que ela para dizer como foram os preparativos para o grande dia.

______

Querida Bárbara,

Segue meu breve depoimento sobre o meu casamento, realizado em 27 de abril de 2012, uma sexta feira de outono de clima agradável e céu estrelado…

Foi um verdadeiro sonho concretizado! Porém, não basta sonhar: é preciso se esforçar e planejar tudo com calma para ver os seus sonhos acontecerem. E acima de tudo, confiar e descansar no Deus fiel e eterno, que nunca falhará! Isto basta.

Comecei a organizar meu casamento com praticamente dois anos de antecedência. Afinal, se você não nasceu rica, é preciso colocar tudinho na ponta do lápis e se preparar para pagar as “suaves” parcelas de cada serviço necessário para fazer o casamento do seu jeito. E existem estilos de casamentos lindos e diferenciados, para todo tipo de noiva e bolso ($)! Porém, eu já tinha em mente algumas ideias…

Enfim, eu e meu noivo decidimos que gostaríamos de fazer o nosso casamento à noite, e servir um jantar aos convidados após a cerimônia. O primeiro contrato que fechei foi com o Buffet Ancona. Experimentei diferentes opções de cardápios em várias degustações, acompanhada da minha mãe, da minha sogra e, é claro, do meu noivo! Uma dica: faça sempre anotações de toda degustação que provar, pois é muito fácil ficar confusa diante de tantas coisas para escolher! Logo, minha escolha pelo Buffet Ancona foi certeira: amei a comida, a louça do buffet era linda, o serviço prestado era muito organizado, e posso recomendar, pois foram muitos elogios após a festa!

A decoração ficou por conta do Clézio Pinheiro; ficamos em dúvida sobre alguns decoradores, mas definitivamente, não me arrependo desta escolha, pois o Clézio arrasou! Ele preparou alguns detalhes na decoração que superaram minhas expectativas… Toda a decoração do casamento foi em tons de rosa (amo essa cor, tão romântica!), e os detalhes ficaram na combinação rosa e marrom. Para não “carregar” tanto, algumas flores brancas (clássicas e sempre muito chiques!) também fizeram parte dos arranjos, e tudo ficou tão leve… Que delícia relembrar! Importante: as cores das flores escolhidas não podem ser muito escuras, pois as fotos não ficam tão legais…

Bem, como o casamento foi a noite, não abriria mão de brilhos no meu vestido! Optei por alugar um modelo de vestido (em segunda locação) com detalhes em renda na Sumaira Tufaile. Ficou perfeito! Achei melhor não ficar experimentando muitos modelos, pois quanto mais vestidos eu colocava, mais em dúvida eu ficava! Acredito que é fundamental a noiva sentir-se bem no modelo escolhido. É bom dar uma bela olhada nas revistas de moda de noiva, pois assim você já vai com uma ideia do que mais gosta, e fica mais fácil escolher qual será “O” vestido do Grande Dia. Vai por mim: depois de algum tempo, é cansativo experimentar os vestidos, e quanto mais decidida estiver sobre o modelo que quer, melhor, pois o casamento gira em torno de muuuuitas escolhas para a noivinha… Ai, ai, ai, e como isso é torturante e gostoso ao mesmo tempo!

Sobre as madrinhas, preferi deixa-las a vontade para escolher qual cor seria a melhor cor para cada uma delas se sentir feliz e a vontade para fazer parte deste momento tão especial! Mas, deixei algumas orientações: não queria estampa, decotes profundos, cor branca ou cores muito fortes (como vermelho ou preto) e o vestido deveria ser obrigatoriamente longo. Acho que, sem querer, elas acabaram combinando as cores, pois ficou tudo tão lindo e harmônico!

Acho interessante a ideia das noivas que optam por padronizar as madrinhas, fica muito lindo também! Neste caso, é simplesmente uma questão de gosto pessoal. Vale o que combinar com o estilo do casamento!

O fotógrafo foi escolhido criteriosamente: Riguetti Fotografia e Cinema. Afinal, depois que tudo passa, ficam as lembranças e os registros deste profissional indispensável… Amamos o resultado!

A cerimonial, Flávia Cantusio, foi muito amorosa ao conduzir a organização do casamento e nos deu preciosas orientações para que tudo desse certo! Optamos por um serviço de cerimonial parcial, pois já tínhamos fechado alguns serviços quando a contratamos, e não queríamos que ela estivesse presente apenas no dia, pois acreditávamos que era de grande importância que a cerimonial estivesse por dentro dos detalhes do casamento, e não apenas da organização do dia.  Outra dica: os noivos precisam simpatizar com a cerimonial do casamento, e isso é muito sério! Afinal, ela pode responder pelos noivos no dia do casamento, organizando os bastidores da cerimônia e da festa, lidando com os convidados e familiares, e vai ficar muito próxima do casal durante todo o tempo, assim, tem que ser uma pessoa agradável e de confiança mesmo!…

E, quando chega o dia… Você tem que ficar muito relaxada e feliz, curtindo cada momento, pois é tanta correria até chegar lá! Ufa! Aproveita cada mimo, durma bem, alimente-se direitinho, respire com calma, pois este será o seu maravilhoso dia dos sonhos!

Fiz o meu “Dia da Noiva” no Aguinaldo Cabelos (unidade Cambuí): a equipe é atenciosa e suuuuper profissional! A maquiagem ficou linda, do jeitinho que eu queria (e olha que é meio difícil, pois minha cor de pele é mulata/negra, e não é qualquer maquiagem que fica legal, sabe…).

O cabelo eu decidi mudar na hora, acredita? Havia escolhido um penteado semi-preso, mas achei que ficaria mais “clássico” prender o cabelo inteiro, e ficou ótimo! Apesar de o cabelo estar preso, a cabelereira fez cachos lindos e prendeu com cuidado, valorizando o arranjo que havia escolhido, e o topete não ficou muito alto, mas valorizou meu rosto.  Sem palavras!

Por fim, a cerimônia foi emocionante e abençoada, na Igreja do Nazareno Ebenézer, pelo Pr. Humberto de Carvalho Oliveira, e a recepção aconteceu no Salão de Festas do Clube da Bosch. Durante o casamento, a Lígia Gomes tocou as músicas que foram significativas para nós, escolhidas com tanto carinho, e todos se emocionaram. Pena que o dia do casamento não tem 36 horas! Poderia, né?…

E depois que a festa acaba, fica aquele gostinho de “quero mais”… Só que a parte mais legal está apenas começando: a vida a dois, com suas dificuldades e descobertas, momentos bons e outros melhores ainda! O casamento é isso aí: é bom preparar-se para a cerimônia e para festa, porém, o essencial vem depois. E, para isso, os noivos devem sempre buscar a presença de Deus em suas vidas, em cada passo e em cada decisão a ser tomada, e alicerçar a sua casa sobre a Rocha que nunca se abalará, Jesus Cristo. E que sejam muito felizes!

 

Um beijo,

Iara Cristina.

01

02

03

04

05

06

07

 

08

09

10

topo do bolo Iara

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.